terça-feira, 9 de dezembro de 2008

O Pinheiro


O tradicionalíssimo pinheiro de Natal morreu, como toda a natureza está moribunda. O que temos agora nas lojas e shoppings são materiais artificiais, tudo sem vida, feito em série destinado a uma massa que se esqueceu de pensar nos símbolos de uma data que vem sendo reverenciada a séculos.

Exterminaram com o verdadeiro pinheiro de Natal, exterminaram com a vida no planeta.

5 comentários:

Severino disse...

Como vai, seu Adriano?
Na minha terra não tem pinheiro, tem mandacaru e muita seca.
Mas temos fé em Jesus.

VANUZA PANTALEÃO/OBRA LITERÁRIA disse...

Ter Fé é muito importante, mesmo sem pinheiros. Mas tens razão!
Beijo carinhoso!

GiGi disse...

Concordo plenamente, amigo, o pinheirinho já era.
Mesmo assim, lhe desejo paz nesse Natal!

MARTHA THORMAN VON MADERS disse...

Feliz Natal Adriano e um Ano Novo cheio de paz saúde e amor.

Cadinho RoCo disse...

Esta pasteurização de hábitos é mesmo degradante.
Cadinho RoCo